Review: O Misterioso Caso de Judith Winstead

Para você que curte filmes de terror a o review e dica desta vez é para o filme “O Misterioso Caso de Judith Winstead” do jovem diretor Chris Sparling, vencedor do Prêmio Goya de melhor roteiro original com o filme “Enterrado Vivo” em 2011.

capa-1-O-Misterioso-Caso-de-Judith-Winstead-evideoclipe
A atual produção do diretor não teve sua estreia presente nos cinemas brasileiros, o longa foi lançado direto em formato DVD em 08 de setembro de 2015.

Também roteirizado por Sparling o longa “O Misterioso Caso de Judith Winstead” mostra-se mais como uma boa exemplificação de espiritismo do que um próprio filme de terror, considerando os argumentos que de fato são relatados em casos de possessão. A linguagem da produção corrobora ainda mais para que isso aconteça, pois o diretor optou por usar um formato de documentário para o filme. Para quem assiste, acaba acreditando que realmente tudo é baseado em fatos reais e que o Instituto Atticus (Nome original do filme “The Atticus Institute”) de fato existe.

poster-O-Misterioso-Caso-de-Judith-Winstead-evideoclipeO filme conta a história deste instituto criado pelo renomado psicólogo Dr. Henry West (William Mapother), onde eles fazem capa-2-O-Misterioso-Caso-de-Judith-Winstead-evideoclipetestes para análises de acontecimentos paranormais, até que recebem Judith Winstead (Rya Kihlstedt) e as coisas no instituto acabam saindo do controle baseados em forças nunca vistas.
A escolha de Rya Kihlstedt par ao papel principal na minha opinião foi perfeita! Ela faz uma excelente atuação mostrando muita, mas muita verdade cênica. Clica na foto à direita e olha nos olhos dela, é extremamente medonho! :O
É muito interessante notar também a critica contra o governo presente no filme, pois quando o caso de Judith passa para as mãos deles uma conspiração estratégica de uso desta força como arma militar é colocado à mesa. Uma excelente maneira de mostrar as capacidades do governo em querer ganhar sempre à custa de alguma coisa.

Curtiu o filme? Compre o quadro dele aqui com a Alameda Geek:

Destaque também para a fotografia que nos faz mergulhar num mundo de verdade histórica, mostrando registros de época e favorecendo ainda mais para que possamos ver todo o filme como um verdadeiro documentário.

capa-3-O-Misterioso-Caso-de-Judith-Winstead-evideoclipe
Claro que, como uma produção de terror, mesmo contendo elementos justificáveis na questão espirita, a produção não deixa de apresentar clichês do gênero, como uma trilha tensa e alguns exageros da possessão. Antes de fechar este review gosto sempre de lembrar que embora esteja citando o espiritismo, não tenho embasamento teórico para afirmações muito menos afirmo que este seja um filme religioso, portanto, deixe o preconceito de lado e veja o filme que vale a pena sim. Bom filme!

Fecha a ficha completa deste filme

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.