Dublagem de games, um mercado emergente.

Dublagem de Games - Um mercado emergente

Você prefere um jogo ou ver um filme em português ou no áudio original? A dublagem brasileira é uma das melhores do mundo e esse mercado está crescendo.

O mundo dos games está cada vez mais fantástico, me refiro ao quanto esse mercado cresceu e aonde chegamos até então no quesito tecnologia. Para quem, como eu, jogou River Raid no Atari, dá para sacar o porquê estou tão deslumbrando com tantas mudanças.
Mas além de tecnologia e gráficos sensacionais, o que temos visto hoje nos games é um diferencial artístico que é a minha praia, a dublagem.
Boa parte dos jogos hoje estão vindo dublados e muito bem dublados, diga-se de passagem. As produtoras têm investido bem nisso e focando cada vez mais em disponibilizar jogos em português.
capa-4-dublagem-games-jogos-star-wars-evideoclipe
Tem muita gente que torce o nariz para isto dizendo que o som original é muito melhor, não discordo, porém, posso afirmar que como sempre a dublagem nacional tem sido cada vez mais referência para o mercado por sua excelente qualidade em toda a sua produção.
Um exemplo sensacional de dublagem em games que vi recentemente, embora seja de 2013, foi feito para o game “Injustice: Gods Among Us” da NetherRealm Studios. Fiquei surpreso em observar que os produtores se preocuparam em colocar as vozes oficias dos personagens feitas no Brasil, ou seja, a voz do Superman é a mesma que vemos nos filmes e nos desenhos mais atuais exibidos aqui no Brasil, feita pelo dublador Guilherme Briggs.
Todas as vozes como um todo ficaram espetaculares! Confira ao trailer abaixo e tire suas próprias conclusões.

 
capa-3-dublagem-games-jogos-star-wars-evideoclipeTodo esse trabalho tem sido até então feito por dubladores profissionais, cuja profissão é regulamentada pela D.R.T (Delegacia Regional do Trabalho), para atuar como dublador o profissionais precisa ter um curso de ator e estar certificado por este órgão. Porém, nos últimos tempos o que tem chamado à atenção é a nova tendência de dublagens feitas por personalidades. Vimos recentemente, por exemplo, a dublagem do game “Mortal Kombat X” ao qual a cantora Pitty dublou a personagem Cassie Cage, inclusive repercutindo muitas criticas por não ter ficado tão bom quanto o esperado.
Agora, às margens do lançamento tão esperado do filme Star Wars – O Despertar da Força, acaba de sair à versão dublada do game “Star Wars Battlefront” que capa-2-dublagem-games-jogos-star-wars-evideoclipe
vem a tona com esta tendência das celebridades e conta na dublagem com da jornalista e escritora Flávia Gasi e do blogueiro e apresentador Thiago “Borbs” Borbolla. Diferente da dublagem de “Injustice”, mas não partindo para uma comparação, embora a dublagem tenha ficado espetacular é possível sim sentir uma pequena diferença na qualidade no sentido de interpretação e na escolha de algumas vozes dadas aos personagens. Eu diria que não combinou, mas isso é questão de gosto. O importante é notarmos que existe um trabalho cuidadoso de extrair o máximo dos dubladores e dar vida a cada personagem.
Assista ao trailer dublado

Enfim, a proposta de usar celebridades para as produções de dublagens tem se tornado constante, não apenas em games, mas também e filmes, atores como a apresentadora Sabrina Sato que participou das dublagens da animação Khumba “interpretando” a voz da personagem Mama V. As aspas em “interpretação” ficam por conta do quanto Sabrina não interpretou deixando fluir simplesmente sua voz e seu sotaque carregado, se você já viu esta animação, sabe que estou dizendo “A verdade”.
Vejo caminhos opostos em tudo isso, a primeira é boa por abrir portas para novas vozes do mercado e garantir um pouco de variedade para as produções, considerando ainda que existem muitos talentos perdidos por aí sem oportunidade de trabalho, os games são referência excepcionais para dar o ponta pé inicial para estes profissionais. O outro está relacionado ao mercado literalmente profissional, como já disse aqui, para dublar é preciso ser ator e estar regulamentado pela D.R.T, portanto, abrir portas para um mercado “informal” estaria tirando trabalhos de quem está regular para atuar. É polêmico eu sei, inclusive eu mesmo atuei com dublagem de game fazendo a voz do personagem LexiKhan para o jogo Strife da S2 Games e tive o grande prazer de dirigir a dubladora Marta Volpiani (voz da Dona Florinda), e jogando aberto, não tenho D.R.T de dublador e sim de locutor, porém, atuei e estudei teatro por alguns anos o que me ensinou a interpretar e dar vida para um personagem, creio que a maior questão está aí, dar vida ao personagem, o que não foi o caso da Sabrina Sato, nem mesmo da Pitty.
Em minha opinião o que precisa estar claro é que não podemos perder esta referência de qualidade de dublagem e se as produtoras optarem por colocar celebridades como vozes de seus personagens, se preocupem também em contratar um bom estúdio onde haja um bom diretor de dublagem, alguém experiente que seja capaz de potencializar toda capacidade de interpretação do escolhido, lembrando que o importante é dar vida ao personagem, que possamos assistir a produção crer fielmente que é uma produção feita no Brasil, pois o que precisa ser vendido é a obra como um todo e não a imagem da celebridade.

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.