Morre o cantor Scott Weiland, um dos grandes ícones do rock

Desde muito cedo sou apaixonado pela música, e lembro-me bem de alguns momentos únicos de minha vida relacionados a ela, momentos de transição quando passei do “House Music” para o Rock And Roll no inicio dos anos 90. Fato atribuído pelo nascimento da “MTV Brasil”. Estava eu ali no auge da minha juventude zapeando a TV quando passo pelo canal 32 UHF e me deparo com clipes que jamais tinha visto, e claro, naquela época, com o rock e a cultura pop.
Essa introdução sobre minhas experiências músicas cabe apenas para ilustrar que ali conheci um dos gêneros musicas que me cativou por sua qualidade e atitude. Prendi-me a este novo ritmo que adentrava aos meus ouvidos e nunca mais parei de explorar o gênero.  Anos depois, do lançamento da emissora, exatamente em 1992 me deparo com a imagem abaixo no canal, era o clipe de “Push” (Álbum Core) da banda Stone Temple Pilots. Eu ainda não conhecia nada dos caras e quando ouvi a música fiquei me perguntando como era possível alguns caras reunidos criarem algo tão genial, sem querer subestimar a capacidade deles, é claro!
scott-weiland-stone-temple-pilots-push-evideoclipe
 
Daí para frente foi um “bombardeio” de coisas boas, conheci o “Pearl Jam”, o “Alice in Chains”, o “Guns And Roses” e definitivamente o Rock and roll foi incorporado em mim.
A música é genial não é mesmo? Ela cria a trilha sonora da nossa vida e a cada canção um novo filme se passa em nossa cabeça.
O que nos entristece é que esses grandes ídolos se vão e o que fica são baús lotados de preciosidades que nos seguirão até a nossa partida.
Former Stone Temple Pilots frontman Scott Weiland talks about his new venture, Scott Weiland and the Wildabouts which will drop its new album, "Blaster," on March 31.Na noite de ontem, 3, morreu o vocalista Scott Weiland, o cara da foto acima, o mesmo que criou em minha mente diversos filmes da minha vida com sua voz marcante e com músicas que carimbaram bons momentos que vivi. Ele foi encontrado morto no ônibus de seu atual grupo, Scott Weiland & The Wildabouts em Bloomington, Minnesota (EUA).
De acordo com um comunicado postado no Facebook do roqueiro, ele morreu enquanto dormia durante uma viagem de turnê. “Neste momento, pedimos que a privacidade da família de Scott seja respeitada”, completou o post.
Segundo o site TMZ, o cantor, de 48 anos, lutou por anos contra o abuso de substâncias. Porém, até a publicação deste artigo, ainda não se sabe a causa da morte.
Além do “Stone Temple Pilots”, banda consagrada no gênero “Grunge” da época e ícone do rock mundial, Scott também teve outros projetos como a banda Scott Weiland & The Wildabouts ao qual estava em turnê, fez carreira solo, esteve com a banda Art Of Anarchy agora em 2015, mas teve muita repercussão com a “Velvet Revolver” em 2002 banda que tinha como formação os músicos Slash, Dave Kushner, Duff McKagan e Matt Sorum, que era, digamos, uma junção do “Guns and Roses” com o “Stone Tempel Pilots”.
Uma grande perda para o mundo da música e para o Rock and Roll. Fica aqui meus agradecimentos ao Scott por ter feito parte das minhas influências musicais e pelas trilhas sonoras que fizeram parte da minha vida.
Pra gente recordar. “Push”

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.