Animação em 3D Gantz:O chega ao Netflix

Gantz:O Chega ao Netflix Brasil

A Animação em 3D Gantz:O foi lançada no final do ano passado no Japão. Essa versão é uma adaptação do mangá de Hiroya Oku de mesmo nome.
O filme é um prato cheio para os que curtem a estética cyberpunk, com um visual neon futurista em contraste com o nosso dia-a-dia.
Gantz:O é uma misteriosa bola
O mangá contava a história de um jovem de Tóquio chamado Kei, que morre em um ataque no metro logo na primeira cena. Ele ressurge misteriosamente em uma sala de escritório sem nenhum móvel, com pessoas totalmente desconhecidas ao seu redor e, no centro da sala, uma gigante esfera preta.
A esfera então os obriga a desafiar um exército de Yokais que invadira as cidades de Tóquio e Osaka, com armas e roupas futuristas ao melhor tom Esfinge de Tebas, decifra-me ou devoro-te, só que fazendo com que eles obedeçam ou pereçam para sempre.
Yokai em Gantz:O
O filme conta com um visual repulsivo dos Yokai, com cabeças sem corpo, corpos alongados ou retorcidos, com partes que imitam a de animais, além de todo o tipo de nojeira imaginável. Quem não conhece ainda, vale a pena pesquisar, pois eles não são exatamente o que os ocidentais chamam de demônios.
Quem já se acostumou a assistir alguns animes que contam com Yokai, como Inuyasha, sabem o quão errantes, desengonçados ou até horríveis eles podem ser, mas neste anime trouxeram uma versão um pouco menos repulsiva do que no mangá de Hiroya Oku, que traz visuais muito mais chocantes, com poças de vísceras… uma biblioteca de terror para seus pesadelos à noite.
Veículos em Gantz:O
Sobre o 3D em si, há muitos pontos muito positivos. Toda a parte futurista, os trajes, as roupas, as armas e até os exo-esqueletos lembram bastante o que já estamos acostumados de assistir em tokusatsu japoneses. Os olhos e cabelos dos personagens foram bem trabalhados, assim como a captura de movimento. Em algumas cenas nos esquecemos de que estamos assistindo um anime 3D em CGI e em outros momentos isso é percebido sim. O anime cai em alguns clichês, como referências de filmes de artes marciais antigos, mas no geral a história se mostra bem envolvente.
Poster Gantz:OA minha crítica sobre os personagens fica para aquela tentativa da hiper sexualização das mulheres, que é apenas uma adaptação da estética já existente no mangá original, além do relacionamento entre eles parecer ser um pouco rápido para o tempo disponível da tarefa em percurso.
Porém ao fim há uma linda mensagem e reviravolta, deixando um grande questionamento sobre como o anime pode ter relação com a nossa realidade e como o quanto de nós permanece e é transmitido em nossas ações, afetando o mundo à nossa volta, afetando o destino das pessoas mesmo quando não notamos ou racionalizamos as nossas atitudes.
Minha Avaliação:
[yasr_multiset setid=0]

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.