Kid Vinil e os principais hits do eterno "Boy" do Brasil

Kid Vinil

E o tempo vai passando e vamos perdendo fisicamente figuras importantes da nossa cultura, esta é a natureza da vida e por mais que seja difícil ainda acostumarmos com ela, será desta forma enquanto a vida existir. Filosófico não? Mas, não passa da mais pura realidade. Nossa última perda foi o eterno “boy” do Brasil, Kid vinil.

Antônio Carlos Senefonte nos deixou na última sexta, 19, jovem, aos 62 anos e nos deixou órfãos de toda sua bagagem musical. Tive o prazer de ouvir suas canções nos anos 80 e de acompanhar seu trabalho como DJ na atualidade por diversas vezes no DJ Club Bar em São Paulo.

Kid Vinil
Foto: divulgação

Kid Vinil foi uma figura muito marcante na cultura punk brasileira e um dos principais incentivadores do gênero, especialmente na capital paulista. Em sua participação e entrevista no programa “Altas Horas” da Rede globo, ele menciona “Fui o primeiro traidor do movimento punk. Era jurado de morte por eles“, a menção foi feita por ele justificando sua relevância também ao movimento “New Wave” ao qual ele tinha muito conhecimento e mostrava isso em suas discotecagens que eram verdadeiras viagens musicais.

Um dos pioneiros do pós-punk no Brasil a banda Verminose foi a sua primeira banda, em seguida ele vai para a Magazine onde gravou hits memoráveis e que fizeram muito sucesso como “Tic Tic Nervoso”, “A Gata Comeu”, “Sou Boy” e “Glub Glub No Clube”. Me lembro bem o quanto eu cantei “Tic Tic Nervoso” e especialmente “Sou Boy”.

Em 2015, Kid ganhou a biografia Um Herói do Brasil, escrita pelo jornalista Ricardo Gozzi e pelo músico Duca Belintani.

Vamos conferir os grandes hits desse artista que carimbou sua marca e importância na história da cultura nacional:

Sou Boy


 
Tic Tic Nervoso

 
Comeu

 
Glub Glub no Clube

 

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.