Tempestade: Planeta em Fúria | Um dia será possível controlar o clima?

Tempestade

Mais um fime falando do clima

Será que um dia a humanidade irá conseguir controlar o clima do planeta?

Nossa tecnologia atingirá um estágio em que vamos comandar o meio ambiente? O que você acha leitor?

Em outubro estréia nos EUA o filme Tempestade: Planeta em Fúria (Geostorm) co-escrito, co-produzido e dirigido por Dean Devlin.

Uma ficção (será que estamos longe?) que mostra que satélites em órbita do planeta comandam o clima , e em algum momento eles atuam de forma destruidora, e seguem cenas de catástrofes em vários pontos do planeta, em uma escala inimaginável.

Presença principal de Gerard Butler e o filme conta ainda com Andy Garcia, Abbie Cornish e Jim Sturgess. A Terra é atacada por satélites, e não se conhece o real motivo, sabotagem?, terrorismo?

Algo que sempre nos perguntamos: será que um dia a tecnologia se voltará contra o homem? Lembro o leitor das leis criadas pelo grande Isaac Asimov em relação aos robôs e que podem ser inseridas no contexto de qualquer máquina com Inteligência Artificial:

  • 1ª Lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal.

  • 2ª Lei: Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos, exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.

  • 3ª Lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira e/ou a Segunda Lei.

    Tirando uma ação deliberada por um ser humano em sabotar as máquinas, o resto teria que seguir as leis propostas pelo grande escritor russo.

Misturar clima e tecnologia e desastres pelo globo não é novidade no cinema, vamos aguardar e ver o que Devlin e sua equipe prepararam em Geostorm.

Aguardemos!

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.