Crítica do Filme – Onde Está Segunda? | Um Futuro Distópico

“Onde Está Segunda?” é uma produção Original Netflix dirigido por Tommy Wirkola e escrito por Max Botkin e Kerry Williamson. Aquela ficção científica que vale a pena assistir.
A história se passa no ano de 2073, onde a superpopulação causa uma crise mundial e obriga as famílias a terem apenas um filho. O controle da população é feito pela Agência de Alocação de Criança (AAC) e quando uma família possui mais de um filho, exceto o primeiro, todos os demais são congelados com a promessa de serem acordados quando a crise mundial estiver controlada.
Em um mundo de filhos únicos, Karen Settman morre no parto de suas filhas gêmeas sétuplas idênticas (Noomi Rapace) . O avô das meninas, Terrence Settman (Willem Dafoe), as cria escondido do governo e nomeia as meninas conforme os dias da semana. Para que elas tenham uma vida em sociedade, o avô permite que elas saiam no dia da semana correspondente aos seus nomes, restritas a não mencionarem a existência de suas irmãs e levando socialmente o nome de sua mãe Karen Settman.
Vivendo como se fossem todas a mesma pessoa, com o desaparecimento de Segunda, as irmãs apreensivas tentam desvendar esse mistério e notam que foram descobertas pelo governo, aos 30 anos de idade e vivem dias difíceis a partir disso.
Imagino o quanto foi difícil para Noomi Rapace interpretar as sete irmãs, cada qual com a personalidade diferente. Porém a atriz o fez com segurança e elegância. A produção do filme foi igualmente detalhista e a história surpreendente.
Com cenas de ação, suspense e muitas descobertas é filme que te prende do início ao fim. Confira o trailler:

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.