Grandes mulheres e suas biografias no cinema

Dia Internacional das Mulheres

Data pra refletir muito e celebrar a conquistas sociais, políticas, acadêmicas das mulheres; dia de ovacionar toda a luta por igualdade, da sororidade e a importância de movimentos que buscam apenas o que é direito, o que é de vital importância pra vida das mulheres! Nessa lista você vai conhecer mais sobre a vida de célebres mulheres que fizeram história!

Frida (2002)

mulheres no cinema

Esse drama biográfico é um passaporte para a vida da emblemática pintora e artista mexicana, Frida Kahlo. Desde sua infância, sua forte e marcante personalidade, o acidente que a lesionou, debilitando-a por toda a vida, assim como sua conturbada relação com o esposo Diego Rivera, e toda sua obra e grande representatividade na cena artística mexicana. Enxergamos Frida através da brilhante atuação de Salma Hayek, que pelo papel recebeu a indicação ao Oscar de Melhor Atriz, perdendo para Nicole Kidman, em “As Horas”.

Amor e inocência (Becoming Jane, 2007)

 mulheres no cinema

Esse romance traz a biografia da consagrada escritora inglesa Jane Austen durante sua juventude. O enredo aborda um suposto romance entre Jane e um advogado de má reputação no final do século XVIII. Jane mostra-se uma jovem a frente de seu tempo, cheia de personalidade, e os conflitos gerados dessa história de amor teriam sido inspiração para Orgulho e preconceito, a mais renomada obra da autora. No elenco Anne Hateway, James McAvoy e Maggie Smith.

Piaf – Um hino ao amor (La mome, 2007)

mulheres no cinema

Édith Piaf foi uma criança pobre, viveu em constante abandono, sendo criada, vezes por seu pai, sua avó, sua mãe e prostitutas, que com ela trabalhavam. A obra cinematográfica conta como Piaf foi descoberta, suas composições, seus amores e como se tornou o Pequeno Pardal francês; da ascensão à morte prematura de uma das maiores cantoras da Europa! Marion Cotillard deu vida à cantora, levando pela bela atuação a estatueta do Oscar de Melhor Atriz.

Coco antes de Chanel (Coco avant Chanel, 2009)

mulheres no cinema FRANCE – CIRCA 1936: Coco Chanel, French couturier. Paris, 1936. (Photo by Lipnitzki/Roger Viollet/Getty Images)

Gabrielle Bonheur Chanel, ou apenas Coco Chanel, foi uma jovem de família humilde, filha de uma lavadeira e um vendedor.  Após a perda de sua mãe, viveu num orfanato com a sua irmã e na juventude veio a trabalhar como costureira numa alfaiataria, e a noite como cantora de um cabaré. A obra fornece fatos sobre a vida antes da fama e toda trajetória percorrida por ela: a infância, seus casos amorosos e como ela se torna precursora e revolucionaria no mundo da moda, desenhando para mulheres cortes e modelos predominantemente masculinos, como calças e o clássico terno Chanel. A icônica estilista é protagonizada por Audrey Tautou, conhecida por seu papel em “Amélie Poulain”.

Dama de ferro (The Iron Lady, 2012)

mulheres no cinema

A Dama de Ferro conta um pouco da carreira da notória Primeira Ministra do Reino Unido, Margaret Thatcher, sendo a primeira pessoa a ocupar o cargo por tanto tempo, e a primeira mulher a fazê-lo. O filme traz uma abordagem do que seriam os últimos anos de Thatcher (falecida em 2013) e passagens desde a infância, os estudos, e sua entrada no Partido Conservador. Margaret lutou por seu espaço num ambiente majoritariamente masculino, e embora tenha recebido apoio, liderando por três mandatos, sempre foi uma figura controversa, dona de duros questionamentos e medidas que dividiam opiniões, como a Guerra nas Malvinas e a Comunidade Europeia. O inquestionável nesse filme é o desempenho de Meryl Streep, que lhe garantiu sua 17ª indicação ao Oscar e por fim o prêmio, mais que merecido pela impecável atuação.

E aí, você viu algum filme ou leu alguma biografia de uma mulher como elas? comenta aqui com a gente.

Confira também: 5 filmes com mulheres incríveis

Deixe um comentário

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazioVoltar para a home
    Esse site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência de uso no site.